Saltar os Menus

Notícias

8 de Novembro de 2019

Assento de óbito de Maria Angélica Nobre Freire

O Arquivo Distrital de Beja destaca assento de óbito de Maria Angélica Nobre Freire que faleceu em 11 de fevereiro de 1904, com 82 anos de idade, sem deixar descendentes e ascendentes.

D. Maria Angélica Nobre Freire no seu testamento legou dinheiro e foros a diversas obras religiosas e de assistência e expressou a vontade de que, na sua casa de habitação, fosse estabelecido um Asilo para os inválidos do trabalho.

Assim, em cumprimento das disposições testamentárias, um dos herdeiros – Sr. António Costa Lobo, levou a cabo a criação do Asilo Nobre Freire, a 4 de Janeiro de 1906, tendo ficado instalado no prédio de habitação da testadora, no antigo Largo da Corredoura (atualmente Avenida Miguel Fernandes).

O Asilo Nobre Freire terá sido o primeiro a existir em Beja e terá aberto as suas portas a 8 pobres do sexo masculino em 1 de Fevereiro de 1906.

Fonte: https://www.fundacao-nobre-freire.com/instituicao/

Cota: PT-ADBJA-PRQ-BJA15-003-O053_m0008

Esta notícia foi publicada em 8 de Novembro de 2019 e foi arquivada em: Documento em destaque, Geral.

Arquivo Distrital de Beja