Saltar os Menus

Notícias

9 de Setembro de 2019

Assento de Batismo de Inocêncio Camacho

O Arquivo Distrital de Beja destaca representação digital do registo de assento de batismo de Inocêncio Joaquim Camacho Rodrigues que se realizou a 27 de Maio de 1867 na Paróquia de São João Baptista em Moura.

Inocêncio Joaquim Camacho Rodrigues nasceu em 23 de maio daquele ano, filho de Manuel do Carmo Rodrigues da Costa e de Genoveva Máxima Camacho.

Fez o curso da antiga Escola Politécnica de Lisboa onde viria a ser nomeado Demonstrador de Física.

Republicano convicto e grande propagandista da República, era Vogal do Diretório do Partido Republicano Português quando se deu a Revolução de 5 de Outubro de 1910 e a subsequente Implantação da República Portuguesa. Foi ele quem, da varanda dos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Lisboa, fez a Proclamação do Governo Provisório da República.

Teve larga colaboração jornalística em “A Luta”, de Manuel de Brito Camacho e “A Pátria” com o pseudónimo de Eutropius.

Foi o primeiro Diretor-Geral da Fazenda Pública do novo Regime e Deputado da Assembleia Nacional Constituinte de 1911 e em duas Sessões Legislativas.

Em 1911 era 1.° Assistente da Escola Politécnica de Lisboa.

A 2 de Abril de 1911 foi nomeado 5.º Governador do Banco de Portugal, cargo que desempenhou até 30 de Junho de 1936.

Também a 18 de Outubro de 1920 foi 41.º Ministro das Finanças.

Em Março de 1929, era professor da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Realizou diversas conferências de divulgação científica em coletividades de ensino popular e outras, sendo, também, autor de várias compilações dos seus cursos universitários de Física.

Esta notícia foi publicada em 9 de Setembro de 2019 e foi arquivada em: Documento em destaque, Geral.
Arquivo Distrital de Beja