Saltar os Menus

Notícias

18 de Junho de 2019

Assento de óbito de António Manuel Soares Galamba

O Arquivo Distrital de Beja destaca representação digital do assento de óbito de António Manuel Soares Galamba.

António Manuel Soares Galamba, major liberal, nasceu em 1802 em Vila Nova de São Bento, concelho de Serpa e foi assassinado na Vidigueira em 1853.
Integrou a Guarda D. Maria II, sob o comando de Joaquim António Batalha. Em 1837 alistou-se no Corpo Franco de Évora.

Foi casado com D. Maria José Fialho, que faleceu em 25 de setembro de 1844, natural de Pedrógão.

Rico proprietário de Pedrógão, Vidigueira, chefe de guerrilha e acérrimo defensor da causa liberal. Chegou a ser eleito deputado, após ter-lhe sido concedido o posto de coronel. Tomou parte ativa na Patuleia (1846-1847) e, terminada esta, abandonou a política.

António Manuel Soares Galamba foi morto com dois tiros de espingarda a 19 de novembro de 1853 por Francisco Joaquim Nogueira, sapateiro, a quem tinha ameaçado de morte. O seu criado foi gravemente ferido na perseguição que moveu ao assassino. Este fugiu no cavalo do assassinado. Galamba foi enterrado no dia seguinte.


PT/ADBJA/PRQ/ VDG03/003/O016/Cx.1078/fl.177v

Esta notícia foi publicada em 18 de Junho de 2019 e foi arquivada em: Documento em destaque, Geral.
Arquivo Distrital de Beja