Saltar os Menus

Preservação e Restauro

 

ADBJA_conserv1 

Todos temos a responsabilidade e o dever de preservar a documentação que se encontra à guarda desta Instituição. É com prazer que a disponibilizamos para consulta a investigadores, historiadores, estudantes ou leitores ocasionais, como pode ser o seu caso.

Seguindo regras básicas podemos todos ajudar na sua manutenção e preservação e minimizar, desta forma, o risco de deterioração a que estão sujeitos os documentos.

 

 ADBJA_conserv2Esferográficas, canetas de tinta permanente, borrachas, corrector líquido, instrumentos cortantes e todo o tipo de alimentos sólidos ou líquidos (incluindo rebuçados e pastilhas elásticas) são apenas alguns exemplos dos itens que podem danificar irreversivelmente os documentos, não devendo por isso ser introduzidos na Sala de Leitura 
ADBJA_conserv3Para virar as folhas deve segurar pelo canto da página e não junto ao festo. Assim se evita rasgar as folhas e causar danos irreversíveis.
 ADBJA_conserv4

Não se apoie e não coloque nada sobre os documentos. Se achar necessário tomar alguma nota, por favor não escreva sobre o documento nem no documento. Estas acções podem causar danos graves na superfície do papel ou pergaminho, deixando-o marcado para sempre. Se quiser copiar directamente da superfície do documento, por favor consulte primeiro os funcionários da sala e peça para utilizar a película protectora disponível para o efeito. Esta impede o contacto directo com o documento e protege-o das marcas que normalmente advêm da cópia directa de um desenho.

 

 ADBJA_conserv5A luz é um factor de degradação cumulativo. Sempre que se ausentar do seu lugar, lembre-se de apagar a luz e proteger a documentação (fechar o livro ou arrumar os documentos em consulta). 
ADBJA_conserv6 

 

Somente lápis, computador e bloco de apontamentos devem ser utilizados. Os lápis ou lapiseiras são os instrumentos de escrita que causam menor dano aos documentos. Por favor, afie o seu lápis fora da sala de leitura, no local designado para esse efeito. As aparas produzidas ao afiar o lápis, bem como as partículas de grafite, provocam abrasão no papel danificando a sua superfície. As borrachas não devem ser utilizadas, pois libertam resíduos ao apagar que podem permanecer no documento.

 

ADBJA_conserv7 

 

Mantenha a ordem inicial dos documentos, não retire etiquetas nem abra itens fechados. Se no final da sua consulta, tiver problemas sobre a forma como arrumar ou embalar o documento  para devolvê-lo ou se achar que a ordem  da documentação foi alterada deve contactar os   funcionários da sala.

 

ADBJA_conserv8 

Os maiores danos causados aos livros relacionam-se com o mau posicionamento do lombo durante a sua utilização e consulta. Um livro deve ter sempre o lombo e as pastas bem apoiados para não forçar e deformar a sua estrutura. Podem ser utilizadas almofadas para suportar o lombo de um livro ou amparar um selo. Encontram-se à disposição pesos ou almofadas para auxiliá-lo na sua consulta. Peça conselho aos funcionários da sala

 

ADBJA_conserv9 

As pequenas partículas de sujidade que habitualmente se encontram presentes nas nossas mãos constituem um importante factor de degradação. Essas partículas são transferidas para a superfície do documento desencadeando o processo de deterioração. E

Assegure-se de que as suas mãos estão limpas e evite manusear em excesso o documento. Utilize um marcador para o auxiliar na leitura e marcar as linhas do texto. Existem marcadores de papel do ADBEJA para esse efeito.

 

Colabore na salvaguarda do nosso património.

Qualquer dúvida pode ser esclarecida pelos funcionários da Sala de Leitura.

Obrigado pela sua colaboração na preservação e salvaguarda da documentação histórica pertencente ao Arquivo Distrital de Beja.

 

Texto e imagens retirados de: regras_manuseamento1 DGARQ
Última Actualização: 28 de Janeiro de 2014

Arquivo Distrital de Beja